O discurso do ego


Resultado de imagem para flor silvestre natureza


O discurso e argumentação são próprios do ego. Tratam-se de tentativas de convencimento apresentadas na linguagem tal qual conhecemos. O espírito, estando de posse do conhecimento e da verdade de Deus e seu Reino, eternos e imutáveis, não necessita convencer a ninguém.

Na discussão entre egos em oposição a argumentação é vã, cada um vai defender seu lado, e estarão convencidos de que seu lado representa a verdade. Se houver consenso, este estará do lado do mais forte, ao qual o outro opositor por algum motivo precisa se submeter.

O que mais conhecemos no mundo são discursos e palavras vãs, que enaltecem os egos ou que fazem prevalecer a ordem daquele que está em uma posição privelegiada. Os acordos são superficiais e temporários, e não fazem guarida na alma e no coração.

O ego necessita ter razão, obter controle e obediência, ou perderá sua falsa segurança, o que o levará a mais sistemas de ataque e defesa, e ao consequente desgaste e perda de energia. Os egos em sua verborragia só convencem de fato aqueles que comungam de seus mesmos ideais.

Sim, os mestres também usam a linguagem falada ou escrita, pois este é o tipo de linguagem que conhecemos, mas de fato só são lidos e compreendidos por aqueles que desejam aprender através das mesmas ideias. Mas a palavra é sempre falha na medida em que pode ser interpretada de diferentes formas e servir a diferentes interesses, inclusive aos do ego.

De certo que esta linguagem não é a do espírito, nem de Deus que o criou. Tem que haver uma linguagem incorruptível, que só pode traduzir amor, alegria, paz e a abundância do Reino de Deus.

E quanto a nós, adormecidos no mundo dos sonhos, diante dos egos exaltados, poderemos nos lembrar que Jesus não fez discurso em sua defesa, no dia de seu julgamento. Como discutir diante daqueles qua não sabiam o que faziam, mas que despejavam seu ódio sobre quem só havia ensinado o amor, a paz e a gentileza?

Jesus nos ensinou sobre o perdão diante daqueles que o flagelaram. Nos revelou que a morte não existe para aqueles que são puros de espírito, e que venceram o ego para alcançar a verdadeira Vida.

Diante daqueles que insistem em nos culpar é mais sábio silenciar. Deixar que o ego alheio não encontre eco em nós. Abrir mão dos sistemas de ataque e defesa egóicos e encontrar apoio no coração de Deus.

Entregue toda questão a Deus, somente saindo do ego é possível encontrar uma solução verdadeira, pois esta só pode se basear no amor e no perdão. Não sei o que Deus faz, mas sei que ele opera milagres pelo seu Espírito.

Sei que o mundo julga como covardes aqueles que são mansos, mas começo a compreender que só a mansidão é o caminho da paz, capaz de nos levar do mundo ao Céu, mesmo aqui onde o caos do ego caminha em direção a própria destruição.

Comentários

Encontros em UCEM

Nossos encontros acontecem em Brasília, a 2 km do balão do aeroporto, nas quartas-feiras de 16 às 18 horas, e quintas-feiras de 19 às 21 horas, gratuitamente.
Entre em contato com Ana Liliam em analiliamventura@gmail.com e (61)98153-8369.