Irmã

Resultado de imagem para flor na gaiola


Querida irmã
te compreendo tão bem,
e sei que não fazes por mal,
é apenas mais um caso de desconexão
com você mesma, com tudo, com todos.
Apenas dormes em um sono profundo,
onde esqueceste quem és e de onde vens.
E neste sono emparedaste teu coração.
Não, ele não empedrou,
continua vivo, quente, pulsante no universo,
apenas as muralhas do mundo o encombrem por um instante.
Eu sei, pois também vivi assim.
Pensava estar viva, mas apenas sonhava num mundo cruel...
Então, deixe-me agora pegar em tuas mãos,
deixe-me puxá-la do teu sono,
e te abraçar junto a mim, em meu coração junto ao teu.
E assim unidas
talvez possamos saltar,
estender nossos braços ao alto,
pedir a Deus que nos segure firme,
nos puxe do mundo,
mesmo que por um instante na eternidade,
que possamos ser acalentadas em Seu amor
que dura para sempre.
E que na paz de Deus
possamos aos poucos
gentilmente despertar...
Irmã, fica comigo,
pois não posso ir e te deixar,
neste caminho que agora trilhamos,
só os teu olhos podem me guiar.

Ana Liliam

Comentários

Encontros em UCEM

Nossos encontros acontecem em Brasília, a 2 km do balão do aeroporto, nas quartas-feiras de 16 às 18 horas, e quintas-feiras de 19 às 21 horas, gratuitamente.
Entre em contato com Ana Liliam em analiliamventura@gmail.com e (61)98153-8369.